Palestra aos pais – resumo 1

Este é um resumo, com os tópicos abordados na primeira parte da palestra aos pais, apresentada dia 18/08 na Paróquia Cristo Rei, que é parte do ciclo de palestras sobre as profissões de e do futuro, cursos superiores mais procurados e mercado de trabalho, que se complementa com as duas palestras aos jovens do ensino médio. Estes tópicos foram abordados por mim.

Todos nós pais temos uma grande preocupação com o futuro de nossos filhos. Esta preocupação já é latente na própria gestação.

Será o meu filho saudável? Nascerá forte?

Provavelmente tão logo nasça, além do registro de nascimento dele, logo será feito seu CPF e com certeza lhe abrirão uma previdência privada, já pensando no seu curso superior.

Com a convivência, vem outras preocupações …. com quem ficar enquanto os pais trabalham e o tempo vai passando e as preocupações continuam e sempre aumentando.

Gostaria de aqui tratar destas questões de relacionamento, que são as que desenvolverão um companheirismo ou não entre pais e filhos.

Quero trabalhar também a questão do exemplo. Os filhos percebem as nossas atitudes e vão nos imitando.

Como encaramos o futuro de nossos filhos? Queremos que eles se deem bem, ganhando muito dinheiro, independentemente se gostam ou não do seu trabalho? Ou queremos que eles se realizem em seu todo, sabendo que o dinheiro será o resultado de um trabalho bem feito?

Em casa proibimos pura e simplesmente o assistir televisão, porque achamos que ela prejudica o filho e assim abrimos campo para ele ir assistir em outro local, ou conversamos e determinamos os horários e que programas podem ser assistidos respeitando sua idade?

E quanto ao uso da internet? Igual à televisão?

Os pais procuram a escola somente quando o filho tem algum problema? Ou estão em constante contato, acompanhando o desenvolvimento deles em todos os sentidos?

Os pais deixam a educação de seus filhos a cargo da escola, ou se preocupam com a mesma na sua totalidade?

Os pais estão sintonizados com a escola no seu desenvolvimento escolar e psicológico?

Os pais conversam com os filhos sobre o mercado de trabalho? Se interessam pelas escolhas dos filhos? Incentivam eles à busca de informações de profissões, da formação acadêmica?

Qual a importância do dinheiro para a família? Ele é tudo? É a segurança? Ou é algo necessário, mas visto como meio e não fim? Algo que é o resultado do trabalho?

Qual a noção de sucesso? Ter uma bela conta bancária, muitas aplicações, vários imóveis, sempre o carro do ano e das marcas mais chamativas? Ou o sucesso pode conter isto, não como o principal, sendo que o principal será ter o tempo para a família, o controle de sua vida, o ser mais do que o ter?

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: